Resultados encontrados para:

  • ,

    Pode-se apoiar a Lava Jato sem apoiar Janot

    01 Janot Dagobah

    Sempre apoiei decididamente a Lava Jato, o juiz Moro e a chamada força-tarefa. Mas nem sempre fiz o mesmo com Janot, que me parece melífluo, incerto, parcial e meio surdo aos apelos da opinião pública. Ele se comporta com uma soberania que não convém ao cargo que ocupa. E não explica muita coisa do que […]

  • ,

    Por que o Fora Temer é um Salve Lula

    01 Salve Lula Dagobah

    Existem duas chaves interpretativas principais para a análise política. Diante de uma ação (evento) pergunte sempre em primeiro lugar: 1 – Quem se beneficia (cui bono)? Não importa se quem se beneficia tenha tramado, conspirado, urdido qualquer coisa para se beneficiar. A análise política não é investigação policial. Não quer encontrar culpados. Quer apenas desvendar […]

  • ,

    O perigo de retrocesso democrático nos Estados Unidos

    Trump Foreign

    Is America Still Safe for Democracy? Why the United States Is in Danger of Backsliding By Robert Mickey, Steven Levitsky, and Lucan Ahmad Way, Foreign Affairs, May/June 2017 Issue . The election of Donald Trump as president of the United States—a man who has praised dictators, encouraged violence among supporters, threatened to jail his rival, and […]

  • ,

    Quem respira aliviado?

    Aliviados

    A análise política deve começar sempre perguntando: cui bono? Quer dizer, quem se beneficia? Nem sempre tal pergunta tem uma resposta inequívoca, como já foi comentado em outro artigo. Mas ela deve ser feita em qualquer balanço objetivo de uma situação. Vejamos o caso da crise aberta no Brasil atual pela armação Janot-Fachin, que ensejou […]

  • ,

    A galeria dos infiltrados

    Infiltrados

    Lideranças do PT organizaram, por meio de suas correias de transmissão nos aparelhos sindicais e nos chamados movimentos sociais, uma manifestação na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, no último dia 24 de maio. Na verdade, não foi bem uma manifestação, senão um atentado ao Estado de direito, ao estilo bolivariano. Cerca de 500 ônibus, talvez […]

  • ,

    A manipulação da opinião pública

    Globo

    Depois de organizarem atentados ao Estado de direito, em Brasília, no último 24 de maio, as centrais sindicais (dirigidas, em sua maioria, pelo PT) querem agora colocar a culpa em “infiltrados” (insinuando, alguns, que eles seriam da própria polícia) ou em Black Blocs que teriam aparecido do nada para tocar o terror na Esplanada. Quer […]

  • ,

    Na antessala da venezuelização do Brasil

    Venezuelizando

    Como previsto, há mais de um ano, o PT continua avançando na sua determinação de instalar uma guerra civil fria no país. Ontem (24/05/2017) tivemos mais um episódio dessa marcha insana para sabotar o Estado democrático de direito: a manifestação bolivariana, promovida, bancada e organizada pelo Partido dos Trabalhadores, seus aliados e suas correias de […]

  • ,

    Por que os intelectuais se apaixonam por ditadores e totalitários?

    Hero

    Bem interessante a resenha do conservador Theodore Dalrymple do recente livro de Paul Hollander (2017) From Benito Mussolini to Hugo Chavez: Intellectuals and a Century of Political Hero Worship. Crushing on Crushers Why do intellectuals fall in love with dictators and totalitarians? Theodore Dalrymple, City-Journal, May 19, 2017 . From Benito Mussolini to Hugo Chavez: Intellectuals […]

  • ,

    Seguir o que manda a Constituição

    Constituição dagobah

    Só há uma saída democrática: seguir o que manda a Constituição Está instalado no país o clima do barata-voa. Esse abafa para Temer renunciar – e quer-se que ele renuncie ontem – é típico de pescadores de águas turvas. Ou daqueles que não morrem abraçados com ninguém. Ou dos mal-lavados que querem parecer limpos. É […]

  • ,

    Cui bono? Ou seja, a quem beneficia?

    Cui Bono

    Cerca de duas horas antes de sabermos das revelações das investigação da polícia federal e do ministério público sobre a tal “ação controlada” para pegar Michel Temer e Aécio Neves, repassadas a título de furo jornalístico a Lauro Jardim, de O Globo, publiquei um artigo intitulado As pessoas não querem mais ser tapeadas. Incrível como, […]

  • ,

    As pessoas não querem mais ser tapeadas

    carcaça podre dagobah

    Este artigo foi publicado horas antes das revelações das “ações controladas” da polícia federal. Não é necessário alterar alterar uma vírgula do que se disse aqui. Quase um pré-manifesto Atenção, pessoal. Não é mais como era antes, quando saídas prussianas ou transições pelo alto eram possíveis. A sociedade mudou. A sociedade do século 21 não […]

  • ,

    O que não são redes sociais

    Redes sociais

    Pesquisadores da Escola-de-Redes compilaram os 25 mitos principais que circulam por aí sobre as redes sociais e estão confundindo as pessoas. Estudando esses mitos podemos descobrir o poder das redes e como elas estão transformando tantos aspectos da nossa vida: a tecnologia, a aprendizagem, as empresas, as ONGs, as escolas, a convivência e até a política. […]

  • ,

    O movimento sofista 5

    Kerferd 5

    Começamos a publicar os capítulos do livro de G. B. Kerferd (1980), O movimento sofista (tradução de Margarida Oliva de The Sophistic Movement, Cambridge: Cambridge University Press, 1981, publicada pelas Edições Loyola, São Paulo, 2003). Os três primeiros capítulos estão disponíveis aqui. O quarto capítulo está disponível aqui. Segue abaixo o quinto capítulo na íntegra. 5 […]

  • ,

    O movimento sofista 5 (12 e 13) Sócrates e o Corpus Hipocrático

    Sócrates

    Começamos a publicar os capítulos do livro de G. B. Kerferd (1980), O movimento sofista (tradução de Margarida Oliva de The Sophistic Movement, Cambridge: Cambridge University Press, 1981, publicada pelas Edições Loyola, São Paulo, 2003). Os três primeiros capítulos estão disponíveis aqui. O quarto capítulo está disponível aqui. A primeira parte do quinto capítulo (relativa […]

  • ,

    O movimento sofista 5 (8, 9, 10 e 11) Crítias, Eutidemo e Dionisodoro, o Dissoi Logoi e o Anônimo Jâmblico

    Crítias

    Começamos a publicar os capítulos do livro de G. B. Kerferd (1980), O movimento sofista (tradução de Margarida Oliva de The Sophistic Movement, Cambridge: Cambridge University Press, 1981, publicada pelas Edições Loyola, São Paulo, 2003). Os três primeiros capítulos estão disponíveis aqui. O quarto capítulo está disponível aqui. A primeira parte do quinto capítulo (relativa […]

  • ,

    Sobre a polêmica Diogo Mainardi x Reinaldo Azevedo

    Diogo Reinaldo 2

    Começo pela conclusão. Diogo, mesmo não entendendo muito de política, objetivamente, está prestando um serviço melhor à democracia do que o pretensioso analista Reinaldo, nesta sua última e triste fase em que resolveu empreender uma cruzada contra a operação Lava Jato (notadamente, por algum motivo sobre o qual não ouso especular, após a prisão de […]

  • ,

    O movimento sofista 5 (5, 6 e 7) Antífon, Trasímaco e Cálicles

    Cálicles

    Começamos a publicar os capítulos do livro de G. B. Kerferd (1980), O movimento sofista (tradução de Margarida Oliva de The Sophistic Movement, Cambridge: Cambridge University Press, 1981, publicada pelas Edições Loyola, São Paulo, 2003). Os três primeiros capítulos estão disponíveis aqui. O quarto capítulo está disponível aqui. A primeira parte do quinto capítulo (relativa […]

  • ,

    O movimento sofista 5 (2, 3 e 4) Górgias, Pródicos e Hípias

    O movimento sofista Gorgias

    Começamos a publicar os capítulos do livro de G. B. Kerferd (1980), O movimento sofista (tradução de Margarida Oliva de The Sophistic Movement, Cambridge: Cambridge University Press, 1981, publicada pelas Edições Loyola, São Paulo, 2003). Os três primeiros capítulos estão disponíveis aqui. O quarto capítulo está disponível aqui. A primeira parte do quinto capítulo (relativa […]

  • ,

    Assassinos da democracia

    Venezuela cachorro

    Para a democracia, o financiamento da ditadura venezuelana – bancado por Lula com dinheiro roubado do Brasil – é a revelação mais grave até agora Venezuela. Terra arrasada. País destruído pelo chavismo-bolivarianismo. Inflação batendo nos 100% ao mês. Escassez de todos os produtos básicos, inclusive de papel higiênico. Epidemia de sarna por falta de produtos […]

  • ,

    O movimento sofista 5 (1) Protágoras

    O movimento sofista Protágoras

    Começamos a publicar os capítulos do livro de G. B. Kerferd (1980), O movimento sofista (tradução de Margarida Oliva de The Sophistic Movement, Cambridge: Cambridge University Press, 1981, publicada pelas Edições Loyola, São Paulo, 2003). Os três primeiros capítulos estão disponíveis aqui. O quarto capítulo está disponível aqui. Segue abaixo a introdução e o primeiro […]

  • ,

    O movimento sofista 4

    Kerderd 4

    Começamos a publicar os capítulos do livro de G. B. Kerferd (1980), O movimento sofista (tradução de Margarida Oliva de The Sophistic Movement, Cambridge: Cambridge University Press, 1981, publicada pelas Edições Loyola, São Paulo, 2003). Os três primeiros capítulos estão disponíveis aqui. Segue o quarto capítulo. 4 – O sentido do termo sofista O nome […]

  • ,

    Um artigo contra a democracia

    Bris

    O Estadão publicou no início de maio um artigo do professor Arturo Bris, professor de finanças do IMD, Escola Suíça de Negócios e diretor do Centro Mundial de Competitividade do IMD. O artigo chama a atenção para um ponto realmente importante: o declínio da quantidade de democracias, no sentido fraco do conceito, como forma de […]

  • ,

    Ouçam Kasparov

    Kasparov Dagobah

    Willame Leal no grupo público DAGOBAH do Facebook, escreveu, em 09 de maio de 2017, o seguinte:   Na mais recente entrevista que Garry Kasparov deu ao Jorge Pontual, uma passagem em especial merece destaque, quando o repórter pergunta ao enxadrista como a população russa, que ansiava por sair de um regime autoritário, pôde cair […]

  • ,

    Mais uma vez usando a democracia contra a democracia

    PT org crim

    O mundo jurídico trata os membros de uma organização criminosa erigida para cometer crimes políticos (contra a democracia) como se fossem políticos que cometeram individualmente crimes comuns. Não pode dar certo. São delitos distintos. As motivações são diferentes. A capacidade de resistir ao aparato legal do Estado é diversa. Para um membro da máfia, a […]

  • ,

    Explicando as razões de Gilmar Mendes

    Gilmar beiçudo

    Uma cruzada necrófila contra a Lava Jato Gilmar Mendes, na Folha, acusou a Lava Jato de usar os presos como “reféns” para conquistar apoio popular. É vergonhoso. Gilmar não é apenas um juiz que faz política para aparecer. Ele está cumprindo uma missão: matar a Lava Jato. Neste trabalho sujo é ajudado por blogueiros como […]

  • ,

    Democracia não é eleição

    Critérios democráticos

    Reproduzo abaixo – para depois fazer um breve comentário – o excelente artigo publicado hoje no Estadão por Francisco Ferraz, professor de Ciência Política, ex-reitor da UFRGS, pós-graduado pela Universidade de Princeton e criador e diretor do site Política para Políticos. A pirâmide da democracia A avaliação global da pirâmide democrática brasileira é muito insatisfatória […]

  • ,

    Entenda por que, sem as ruas, não há saída

    Tofolli

    Por que não adianta acender uma vela para Moro e ir assistir tudo pela TV Eles – os petistas que dirigem o partido ou têm mandato – são todos (ou quase todos) bandidos (todos, por exemplo, sabiam do mensalão, do petrolão, quando não se beneficiaram deles). Mas não há como pegá-los de uma vez dentro […]

  • ,

    A maior ameaça à democracia é a candidatura de Lula

    Lula Mentira Dagobah

    Lula está tentando transformar verdade em mentira e mentira em verdade. Seu objetivo é um só: ganhar tempo para conseguir sair candidato a presidente em 2018. Ele sabe que suas alegações são inverossímeis, mas não está nem um pouco preocupado com isso. Vejamos. Quem pode acreditar que muitos ex-amigos de Lula fizeram uma conspiração para […]

  • ,

    Entendendo quase nada…

    Entendendo quase nada Dagobah

    10 perguntas incômodas, até agora sem respostas 1 – Quem paga os caríssimos advogados de Lula, Dirceu, Palocci, Duque, Vaccari, Paulo Teixeira, Okamotto? Quem pagou os advogados de Delúbio, Genoino, João Paulo Cunha, Silvinho? De onde veio esse dinheiro, se os réus não têm e não tinham rendimentos suficientes para arcar com tais custos? 2 […]

  • ,

    O movimento sofista 1, 2 e 3

    Kerderd 1 2 e 3

    Começamos a publicar os capítulos do livro de G. B. Kerferd (1980), O movimento sofista (tradução de Margarida Oliva de The Sophistic Movement, Cambridge: Cambridge University Press, 1981, publicada pelas Edições Loyola, São Paulo, 2003). Omite-se o prefácio do autor. 1 – Introdução Não uma, mas duas barreiras se levantam no caminho de quem quer […]

  • ,

    Terceira reflexão terrestre sobre a democracia

    Terceira relfexão

    Na Segunda reflexão terrestre sobre a democracia vimos que “alguns acham que a democracia é assim como um tipo de construção ideológica, que depende de um corpo de crenças teoricamente articulado e do qual se possa inferir consequências. Eles têm uma apreensão cognitivista – e não interativista – da democracia. Superavit de Platão ou deficit de […]

  • ,

    Quem é José Dirceu

    Dirceu e Fidel

    O Estadão publica hoje (03/05/2017) trechos de uma carta de José Dirceu, escrita pouco antes de ser solto pela trinca de ministros encarregados de matar a operação Lava Jato: Gilmar Mendes, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski. Atenção: quando escreveu, ele já sabia que seria solto. De próprio punho, Dirceu deixa claro quem ele é, como escrevi […]

  • ,

    STF solta o Marcola da esquerda

    Dirceu subchefe

    A sociedade brasileira foi dormir perplexa com a decisão da segunda turma do Supremo Tribunal Federal de soltar José Dirceu. E acordou ainda mais perplexa ao ler as razões apresentadas pelos três ministros que deram vitória à tese de que prisões preventivas alongadas (além de um “prazo razoável”, como quer o projeto de lei contra […]

  • , ,

    Quem ler?

    Quem ler Dagobah

    É claro que, para se informar e analisar o cenário político, você pode – e até deve – ler todo mundo que escreve sobre o assunto com alguma consistência. É melhor, entretanto, priorizar os não-religiosos, ou seja, os que não assumiram a missão de levar ao mundo uma nova visão e converter as pessoas para […]

  • ,

    As “forças políticas” e o processo de democratização

    Democracia e forças políticas

    Uma análise do cenário político atual (maio de 2017) revela que a democracia brasileira está acossada por diferentes “forças políticas”. Examinemos essas diferentes “forças”, dividindo-as em grupos, por ordem de organicidade crescente. Os grupos mencionados abaixo são apenas categorias descritivas, não se aplicando a eles o conceito sociológico de grupo, nem o conceito de agrupamento […]

  • ,

    Bloqueio de fluxos e manipulação de massas

    A greve dos pneus Dagobah

    Uma análise da falsa “greve geral” de 28 de abril do ponto de vista das redes: uma manifestação antissocial Chamaram a manifestação de 28 de abril de 2017 de greve. Não foi uma greve. Impedir as pessoas de ir trabalhar não tem nada a ver com a decisão de trabalhadores de fazer uma greve. Pode-se […]

  • ,

    A greve que não houve

    A greve geral capa

    Marcada oportunisticamente para as vésperas de um feriadão, a greve geral – convocada para 28 de abril de 2017 pelo PT e suas correias de transmissão no movimento sindical – não aconteceu. O PT tentou manipular os interesses privados dos indivíduos, inseguros com as reformas previdenciária e trabalhista, jogando-os contra o interesse público. A reforma […]